Digimon - World Tamers RPG
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Votação
Qual deve ser o Novo Nome do Fórum?
Digimon - Aventura Global
11%
 11% [ 1 ]
Digimon Global
22%
 22% [ 2 ]
Digimon - World Tamers
56%
 56% [ 5 ]
Digimon Internacional
11%
 11% [ 1 ]
Total dos votos : 9
Parceiros
Fórum grátis


Compartilhe | 
 

 Porque Digimon é muito Melhor que Pokémon

Ir em baixo 
AutorMensagem
Merrick
Admin
avatar

Mensagens : 162
Data de inscrição : 18/07/2011

MensagemAssunto: Porque Digimon é muito Melhor que Pokémon   Seg Jul 25, 2011 11:36 am


Faz mais ou menos uma semana que botei na minha cabeça que queria mestrar um RPG maneiríssimo de Digimon, então comecei a assistir a 1a Temporada pra ter umas idéias. Eu realmente achava que eu não fosse gostar de assistir esse desenho (já que eu não assistia desde pequeno) e todas as vezes que eu vou asistir DBZ ou Pokemon hoje em dia eu caio de sono. Mas eu fiquei realmente surpreso, Digimon conseguiu me prender até o fim, e eu então comecei a refletir sobre o porque disso. Eu li também muitos artigos e opiniões alheias na internet sobre o assunto e resolvi fazer esse artigo descrevendo todas as diferenças de Digimon e Pokemon que fazem do primeiro infinitamente superior.

Um artigo em especial mais me chamou a atenção, e eu vou quotea-lo diversas vezes durante este artigo, se quiserem lê-lo, ele está aqui. Mas bom, vamos ao que interessa. Primeiro, o objetivo central de cada um.

"Como já dissemos, Pokemon nasceu de um videogame. É muito interessante notar que a sistemática dos videogames  acompanha a estrutura dos romances de formação: o jogador encontra em sua "jornada" níveis crescentes de dificuldade a serem transpostos. Ao mesmo tempo, vai acumulando "vidas" ou poder, recebe novos equipamentos ou assume novas formas que lhe permitem vencer tais obstáculos. Podemos assim também considerar o videogame como uma forma de treinamento para o auto conhecimento (se não ficarmos a vida toda apenas treinando num computador e esquecermos de aplicar os mesmos princípio na "vida real"...)."
"A "missão" dos personagens de Pokemon e Digimon é também completamente diferente. No caso de Ash e seus amigos, a escolha de se tornarem treinadores pokemons é totalmente deles e tudo o que alcançarem vai reverter em seu proveito. Eles têm toda uma infra-estrutura (centro pokemon, pokeagenda, ginásios, regras de luta, etc.) à qual podem recorrer para obter ajuda e orientação. Novamente, Pokemon é um "anime de formação", a jornada de um indivíduo em busca (consciente) de evolução e aperfeiçoamento interior. As dificuldades são esperadas e aceitas como meios para o próprio crescimento e possíveis fracassos servem apenas como lições para futuras escolhas.
Já em Digimon temos outra linha bem mais comum de anime: um grupo de personagens que é arrebatado para um mundo estranho, sem o seu consentimento, e que sem saber porque recebe a missão de salvar o mundo. Para tanto, são praticamente "forçados" a amadurecer e desenvolver-se em face do perigo para si mesmos e, ainda pior, para aqueles que eles amam. Não têm um treinamento ou um professor que lhes diminua as dúvidas, são forçados a descobrir tudo que os cerca de um modo fragmentário, e eventuais auxílios são esparsos e muitas vezes confusos (como o de Jenai em Digimon, que aparece e desaparece ao seu bel prazer e apenas revela às crianças parte da(s) verdade(s) e de como devem proceder). Seus fracassos e derrotas podem significar até a morte de amigos e entes queridos (o que muitas vezes realmente acontece). No caso de Digimon, os digiescolhidos têm em suas mãos não só o destino do digimundo, mas também o da Terra, já que ambos são interligados (tal interligação aparece em várias séries, como por exemplo em Shurato, que tem uma estrutura bastante similar à de Digimon). Neste caso, não existe qualquer semelhança com Pokemon. "


Esta é a maior diferença entre as séries, que ao meu ver deixa Digimon muito mais interessante. Porque Pokemon, por ir por essa linha mais construtiva de caráter, de formação da criança, acaba por ser muito repetitivo, não havendo uma "storyline" muito bem definida. É quase como assistir alguém jogar videogame, uma fase após a outra, com níveis de dificuldades diferentes: isto é Pokemon. Em contraste disso, em Digimon os personagens estão em constante conflito, formando uma "storyline" muito interessante que aborda temas diversos, e até adultos. Os personagens são bem definidos e desenvolvidos, e crescem ao longo da séries, não são monótonos. Os personagens de Pokemon são totalmente puros, não tem conflitos internos. Já em digimon, Sora tem problemas com sua mãe, Yamato e Takeru são filhos de pais separados, tem problemas aos quais todos podem associar. Na época dos gibis, o homem-aranha vendia muito mais que o super-homem por ese mesmo motivo. Este é também um motivo pelo qual eu vejo Digimon com uma maior probabilidade de sucesso e diversão na forma de RPG.

"Em Pokemon, a estrutura do anime acompanha a do jogo: os monstrinhos têm uma evolução sempre progressiva, isto é, quando mudam de fase e evoluem para uma forma mais poderosa, por exemplo, de Charmelleon para Charizard, não podem mais voltar à forma anterior, mais fraca. Eles realmente se transformam em um outro ser e assim permanecem até a próxima evolução. Em Pokemon, a evolução dos monstrinhos depende da quantidade e/ou qualidade do treino que seu treinador lhe oferece e da boa interação entre os dois (Misty chega a dizer que é o amor que o treinador dedica ao pokemon que realmente causa a sua evolução). A evolução dos monstrinhos é, assim, uma extensão da dedicação e do aperfeiçoamento do treinador: os pokemons são uma extensão da pessoa do treinador, uma manifestação visível de seu crescimento (como já havia dito na página sobre Pokemon)."
"As evoluções dos monstrinhos em Digimon também estão, de certo modo, ligadas aos "digiescolhidos": cada digimon "pertence" a uma criança e evolui para protegê-la, mas as evoluções acontecem meio que por acidente. Não se sabe ao certo se é a quantidade de comida, o nível de cansaço ou uma certa ligação "mística" com o digiescolhido (que fica clara quando Tai "erra a mão" e faz Agumon se transformar no perigoso Skullgreymon) que permite ou impede a transformação. Por vezes, o digimon quer se transformar e não consegue, ou o digiescolhido quer transformá-lo e também não tem sucesso. Apenas uma conjunção favorável de todos os fatores (ou um grande esforço por parte de ambos em situações extremas) leva a uma evolução que, ao contrário de Pokemon, não é permanente e nem sempre progressiva: apesar de se transformarem em criaturas por vezes muito diferentes da forma original, ao esgotarem suas forças os digimons voltam a estágios "mais fracos", o que também é interessante: mesmo quando conseguimos nos aperfeiçoar em alguma coisa, nada garante que vamos permanecer sempre assim: vários fatores podem nos desgastar e muitas vezes é preciso dar um passo atrás para avançar dois à frente."


Esta é uma característica que traz até revolta de algumas pessoas. Os pokemon são animais parte do mesmo mundo que os humanos, que são escravizados, trancafiados em uma pequena bola, onde só saem para lutar até "desmaiar", ser revivido e começar o ciclo novamente. Quando se é criança agente nem liga pra isso, mas parando pra pensar hoje em dia a pokebola me parece uma puta sacanagem. Já em digimon, existe sempre uma legítima parceiragem entre mestre e digimon. A evolução do parceiro DEPENDE de como ele o trata. Esses dias eu assisti um episódio no qual o Koushirou perdeu a mente criativa dele e ficou literalmente mongolóide, e destratava Tentomon. Ele acabou por regredir até sua forma bebê. Somente com o cuidado recobrado ele voltou ao seu normal. Outra coisa interessante, Digimon traz algumas reflexoes interessantes acerca da vida, relações pessoais, e algumas outras questões filosóficas. Enquanto isso em Digimon, a única coisa com a qual eu ficava intrigado era o porque de só o Meowth poder falar. Mas o interessante é que enquanto em Pokémon, "tratar mal/trancafiar" o pokemon é uma coisa boa, o cuidado com o Digimon é essencial tanto para relação entre ele e seu mestre, quanto para uma evolução saudável.

"De qualquer modo, os monstrinhos principais de ambos animes são baseados em animais e/ou vegetais modificados. Enquanto essa regra se mantém mais ou menos para todos os pokemons, os digimons secundários são mais ecléticos, podendo assumir as formas mais bizarras, como um ser que parece um cone cortado ao meio com uma boca cheia de dentes que vive com um ratinho ou um sapo com uma tuba enrolada no pescoço. E aqui temos a primeira (e talvez a principal) diferença entre as duas séries: enquanto Pokemon é "fofinho" e "pra cima", Digimon é bizarro, estranho, tortuoso e muitas vezes decididamente dark."
"Como acabei de dizer, Digimon é um anime com toques dark e mesmo punk, já começando pelo traço. Se atentarmos bem para o estilo de desenho de Pokemon, apesar da estranheza inicial causada pelo estilo dos monstrinhos "misturados", a impressão geral é de que eles são "fofinhos", "bonitinhos", "limpos" e "saudáveis".  Até mesmo o Muk, que é na realidade um monte de meleca, nos parece simpático. Alguns chegam a ser ameaçadores, mas não realmente perigosos. Os personagens humanos também são bem realistas no sentido de que, apesar de terem traços simples, são pessoas normais estilizadas, bem proporcionadas e, em geral, transmitem uma sensação de equilíbrio e bom senso (não há, por exemplo, nenhum vilão de olhos esbugalhados, como é bastante comum em animações)."
"Já em Digimon, vemos claramente um exemplo de deformação estética com fins expressionistas (veja - ou reveja - mais detalhes sobre isso na minha página sobre estilos de desenho): em Digimon, a maioria dos personagens importantes têm o corpo extremamente magro e alongado e todos têm as extremidades (pés, mãos, cabeça) desproporcionalmente grandes, ainda acentuadas, muitas vezes, por elementos como luvas, chapéus e óculos imensos. O resultado final é de estranheza, mas também de agilidade, modernidade, ansiedade e inquietação. As figuras parecem torturadas por tensões e emoções reprimidas, que acabam se refletindo em sua aparência. Ao escrever esta página, de repente me lembrei das obras de El Greco, um pintor barroco do século XVII extremamente moderno que tinha um estilo semelhante (guardadas as proporções, naturalmente). Veja como o corpo alongado e magro cria efeitos dramáticos similares aos de Digimon."


Outro ponto que me irrita um pouco em Pokemon, apesar de ter uma forma extremamente organizada de classificação dos Pokemon (o que eu gosto), os pokemon me parecem muito repetitivos e sem imaginação, com traços lisos e muito parecidos. Já em Digimon todos são muito bem feito e desenhados, cheios de detalhe e personalidade. Os digimon não são presos a sua espécie para evoluir então todos digimons são livres para parecerem com o objetivo do autor da história dando uma liberdade muito maior.

"Em Pokemon o mundo humano é apresentado como estável e regrado. Ash tem uma família que o ama (apesar de sua mãe ser meio tonta), um professor que o aconselha, amigos que o apreciam (apesar das brigas normais). Ele tem sua pokeagenda, suas pokebolas e seu primeiro pokemon, ou seja, todos os requisitos necessários para realizar sua formação de maneira segura. Naturalmente há conflitos e - principalmente na segunda parte da série, na Liga Laranja - pessoas que se comportam mal, mas tais tensões geralmente não trazem sofrimento (pelo menos não é tematizado no anime) e são resolvidas quando a pessoa que age de modo errado "vê a luz" e muda seu comportamento de modo a restaurar a paz e o equilíbrio - restaurar é a palavra-chave aqui:  em Pokemon, parte-se de um "modelo ideal" de ordem e evolução que eventualmente é abalado ou o qual se deseja atingir. Como disse em minha página anterior sobre Pokemon, não faz mal algum apresentar modelos éticos e morais a serem seguidos, principalmente no caso de crianças pequenas, que necessitam de maior segurança e modelos claros nos quais se basear. É sempre bom imaginar como as coisas seriam, se tudo desse certo."
"Este absolutamente não é o caso em Digimon, no qual o mundo humano é muito mais próximo da realidade. O mundo no qual os digiescolhidos viviam antes de serem transportados para o Digimundo é extremamente conflituoso e problemático: T.K. e Matt são irmãos separados pelo divórcio dos pais, o que faz de T.K. uma criança insegura e assustada e de Matt um irmão superprotetor, cheio de ciúmes; Sora tem uma relação difícil com sua mãe, que lhe parece distante e fria; Izzy descobre que foi adotado e tanto ele como seus pais sofrem com o segredo que envolve o fato; Joe é um CDF compulsivo, inseguro e assombrado pelas expectativas de seus pais em relação ao seu sucesso na vida; Mimi é fútil e egoísta. Tai parece ser o mais estável do grupo, mas seus pontos fracos são sua irmã mais nova, de saúde frágil e ar triste, e seu sentimento de culpa por não poder protegê-la sempre. Já no Digimundo, ao serem forçados a formar um grupo, as crianças não conseguem, a princípio, vencer sua insegurança e seus problemas pessoais. O conflito é permanente e declarado, inclusive com violência física, como entre Tai e Matt. A eliminação dos conflitos é lenta e dolorosa, e apenas ao final da primeira parte da série, no último episódio, praticamente, eles conseguem a confiança que vem do auto-conhecimento e da certeza de que têm entes queridos que os apóiam. Os conflitos não se restringem às oito crianças principais: os adultos também sofrem as mesmas angústias das crianças, não conseguem organizar suas vidas adequadamente. E também os digimons têm dúvidas e sofrimentos, anseios e preocupações que os levam a lutas, à fuga ou a uma existência de medo e incerteza. "


Não preciso nem comentar né? E esses dias aí um cara na minha sala disse que Digimon é muito infantil em comparação com Pokémon. Faz-me rir. Assistindo os episódios recentemente eu vi que alguns temas que Digimon aborda são realmente pesados, e não sei se quando eu era pequeno eu captava esses temas com a profundidade que o desenho passava.

Conclusão:

Por todo exposto, a única conclusão lógica, é que hoje em dia o único que eu conseguiria assistir, e de repente até daqui a 30 anos é Digimon. Pokemon tem jogos realmente divertidos mas o anime por seguir a linha do jogo à risca, deixa muito a desejar. Eu desafio você, que tem mais de 20 anos, a assistir uns 2 ou 3 episódio em série de Pokemon. Depois assista a primeira temporada de Digimon, se você consegue assistir desenhos, este fluirá com muito mais facilidade e um episódio vai puxar o outro, e quando se der conta você vai ter assistido toda ela em alguns dias.


Última edição por Merrick em Ter Nov 04, 2014 6:22 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://digitamers.forumeiros.com
Karl

avatar

Mensagens : 4
Data de inscrição : 21/07/2011
Idade : 20

MensagemAssunto: Porque Digimon é muito Melhor que Pokémon   Ter Jul 26, 2011 10:24 pm

Bem, depois de ler tudo isso eu digo que concordo, Digimon é melhor sim mas não é por isso que eu não olho Pokémon. Razz
Na minha opinião os dois animes são ótimos mas como o Merrick mesmo disse, Pokémon se torna muito repetitivo, digo que me diverti muito mais olhando Digimon do que Pokémon mas também não chego a dormir olhando DBZ ou Pokémon.
Mesmo que agora eu não esteja muito contente com a nova temporada de Digimon....que pelo o que vi não é muito boa, mas também não parei para olhar muito ela.

( Me sinto meio idiota de escrever só isso depois de você escrever um texto ali encima =/ )
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://digitamers.forumeiros.com/t26-kazuo-soumaro
Tenma



Mensagens : 4
Data de inscrição : 24/07/2011

MensagemAssunto: Re: Porque Digimon é muito Melhor que Pokémon   Qua Ago 03, 2011 9:35 pm

Quando pokémon saiu eu gostava mais de pokémon, talvez tenha algo a ver com os jogos ou porque tenha vindo primeiro, hoje em dia eu já estou enjoado de pokémon e sempre que tentei jogar ou ver algo relacionado eu me enjoava.

Hoje em dia eu ainda estou assistindo o novo digimon (que poderia ser melhor, mas isso não vem ao caso) e realmente não me arrependi de reassistir os episodios do digimon 1.

Acho que a minha opinião já está clara =|
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thiago_Lief



Mensagens : 5
Data de inscrição : 22/07/2011

MensagemAssunto: Re: Porque Digimon é muito Melhor que Pokémon   Sex Ago 05, 2011 6:03 pm

Na minha opniao: Digimon>Pokemon.
Nao preciso nem de justifica, pois o texto do Merrick ja diz tudo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Porque Digimon é muito Melhor que Pokémon   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Porque Digimon é muito Melhor que Pokémon
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [3DS] Pokémon ORAS - Reviews
» Digimon World: Cyber Sleuth listed for PS4
» #06 (POKÈMON FIRE RED) S.S Ticket / Vermilion City / Bike Free!! - HD
» O Novo E Melhor Habbo Pirata 2016
» Age Hotel - O MELHOR!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Digimon Tamers :: Spam :: Espaço Aberto-
Ir para: